Para além do MVP, você sabe o que é Minimum Viable Company (MVC)?

Minimum Viable Company (Imagem: Laura Canal/Classroom Pro)
— by

Descubra como funciona a lógica do mínimo viável na criação de empresas, o que é MVC e como criar uma Minimum Viable Company para a sua ideia de negócio

Se você já estuda o mundo dos negócios há algum tempo, certamente já ouviu falar sobre o Produto Mínimo Viável (MVP). O termo, popularizado pela obra A Startup Enxuta, se refere basicamente a um método de validação de novos produtos ou serviços.

Mas você sabia que o Minimum Viable Product pode ir além disso? E que a própria fundação da empresa pode se beneficiar com estratégias baseadas no mínimo viável? Hoje, apresentaremos a você a Minimum Viable Company (MVC) também chamada de Minimum Viable Business (MVB).

O que é Minimum Viable Company (MVC)?

Mininum Viable Company é uma estratégia que visa testar a rentabilidade, os processos envolvidos na operação e a proposta de valor de um negócio. Conforme explica a investidora Ann Miura-Ko, destaque na Forbes e no New York Times, uma empresa mínima viável:

  • Oferece um produto ou serviço de valor percebido suficiente para que as pessoas paguem por ele;
  • Tem um modelo de negócios e preços adequados ao ecossistema do mercado, gerando receita suficiente para ser sustentável;
  • Entrega o valor necessário para ser aceito e satisfazer seu mercado.

Além disso, como apontam o doutor em empreendedorismo e inovação Stefan Berger e a consultora Franziska Korn no livro The Mininum Viable Company, não é necessário que a MVC já seja lucrativa. Entretanto, ela precisa, no mínimo, cobrir seus custos e margens de contribuição.

Qual a diferença entre MVP & MVC?

Assim, a principal diferença entre o Minimum Viable Product (MVP) e a Minimum Viable Company (MVC) é o objetivo. Enquanto um testa a viabilidade de um produto ou serviço, a outra testa a viabilidade do próprio negócio que o oferece. Naturalmente, as estratégias para criar cada um acabam se diferenciando também.

Como criar uma Minimum Viable Company?

1º Passo: Defina sua proposta de valor

Primeiro, você deve saber qual é o seu produto/serviço, como ele resolve as dores e os desejos do seu cliente e quais são seus diferenciais. Assim, terá uma proposta de valor para a sua empresa mínima viável. Além disso, vale destacar que esse valor deve ser percebido como superior ao custo.

2º Passo: Compreenda o seu ecossistema

Depois, você deve pensar em como essa proposta de valor vai se inserir no ecossistema de organizações ao seu redor. Esse ecossistema lembra a definição de mercado, já que envolve clientes, concorrentes, fornecedores e outros membros. Porém, a ideia é entender a sua empresa como uma parte de um todo, e como esse todo funciona.

3º Passo: Desenhe seu modelo de negócio

Por último, sua empresa mínima viável (MVC) precisará de um modelo de negócio. Uma boa forma de criar o seu é através do Business Model Canvas, uma ferramenta que te ajuda a enxergar os pilares básicos da organização. Por exemplo, fluxos de receita, relacionamento com o cliente, etc.

Teste sua ideia de negócio com o MVC

Agora que você já sabe o que é Minimum Viable Company e como funciona esse método, falta “pôr a mão na massa”. Ou seja, testar sua ideia com uma empresa mínima viável.

Fontes: InvestopediaForbesOn DeskTechCrunchThe Minimum Viable Company.

Newsletter

Our latest updates in your e-mail.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *